Home » , » Direito de Resposta

Direito de Resposta

sábado, 29 de setembro de 2018 | às 18:00

  • Crente que vota nulo não exerce seu direito, está sendo covarde e/ou acomodado com a situação?
Não, só não sabe o que faz. Todos têm direito de votar nulo [porque existe esta opção].

Porém, o relacionamento com Deus requer uma atitude sua. Nada de bom acontecerá se você se abster das suas responsabilidades. 
Como cidadão, você recebe benefícios, votando nulo, você não está criando um relacionamento de responsabilidade com a cidade, "com o bem comum". Sendo assim, a autoridade de Romanos 13 não poderá “te dar o que, de você, não recebeu”.
  • O Estado laico: candidatos devem usar o nome de Deus em campanhas políticas? Pastor deve se filiar a partidos? 
"Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus, pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão! 
Nem nome de Deus, nem nome de Igrejas.

..o pastor tem mais o que fazer!
- “O bom pastor dá sua vida pelas ovelhas”. 
  • Vocês acham que os grandes problemas do Brasil sejam, ideologia de gênero, racismo, feminismo e machismo? 

São consequências de uma sociedade doente, que desvaloriza a vida e constrói loucos.

Na indiferenciação social imposta às massas, não há singularidade, não há pluralidade, mas só uma única "entidade" coletiva que subjuga todas as vontades. Pensar a política para além desses padrões preestabelecidos de um Estado organizador das vontades é inaugurar um novo começo de onde deriva a ação criadora presente nos homens singulares onde trafega livremente o jogo de forças presentes na memória e no esquecimento. É refundar o espaço agonístico e criador da pólis. (de Castro Picelli, Pedro. "POLÍTICA, MEMÓRIA E EDUCAÇÃO: UM ENSAIO SOBRE QUESTÕES DE HANNAH ARENDT ENTREMEANDO A PROBLEMÁTICA DO EXÍLIO." Revista Hominum: 95.)
  • Como os cristãos podem contribuir contra o marxismo cultural na sociedade? 

1º - Estudar e conhecer aquilo que Marx propôs;

2º - Estudar e conhecer o que Adam Smith propôs;

3º - Orar e pedir sabedoria a Deus para compreender Efésios 6:12,13.

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.”

  • Jesus Cristo era realmente comunista ou socialista? 
Jesus Cristo era carpinteiro.
Seus ensinos pertencem ao Reino que ele mesmo inaugurou.
  • Gostaria que falassem sobre o que é URSAL.. Foro de São Paulo... E urnas da SmartMatic? 
Sobre URSAL e Foro de São Paulo, assista os vídeos da Glória Alvares.
Sobre as urnas eletrônicas, assista o filma Olhos Azuis. 

  • Como agir politicamente através de uma cosmovisão cristã? 

..acesse o Canal: "o Profeta do Óbvio"! ;D

- Conheça a relação entre o Capitalismo e o Cristianismo lendo Max Weber.

#DesencantamentoDoMundo

  • É correto votar em um candidato à presidência somente por causa de sua religião? 
..a política não conhece outra maneira de fazer política.
- Os poderosos não admitem a "política do Reino" em substituição à política.
#NãoServeComoCritério
  • De que maneira o cristão pode contribuir para levar consciência política aos irmãos mais novos, tendo em vista que o discurso presente é de que cristão não deve se envolver com política?
Discipulado.



  • Fale sobre a influência da política na economia do país e o quanto esse fator impacta a sociedade, especialmente as classes menos favorecidas. Qual a consequência de uma política de benefícios sociais, em várias áreas, a médio e longo prazo? 

Se está se referindo ao Populismo, isto existe tanto em governo de Esquerda quanto de Direita. Sugiro novamente os vídeos da Glória Alvares.

  • A frequente omissão ou até mesmo a oposição da igreja frente às diversas problemáticas que surgem nos dias atuais como direitos humanos, ampliação da participação feminina, dos negros e das minorias nas instâncias de poder sinaliza um perfil de conivência com as desigualdades?
..a igreja é um elefante preso a um banquinho!
- Recebemos diariamente mensagens através de músicas, filmes, séries,.. discursos que invadem nossas mentes, nossas casas, fomentando e reforçando valores que condenamos.  Compreende a distância que a igreja está da “competência” dos filhos das trevas? E o quanto essas trevas tem influenciado também a igreja?

Contudo, esta nossa iniciativa não é uma tentativa tal como foi a Teologia da Libertação, onde pessoas admiráveis como, Leonardo Boff, Jorge Mario Bergoglo (papa Francisco), caíram na cilada de realizar um "ativismo político não-espiritual". 
  • O surgimento de uma nova teologia com um enfoque maior no cunho missionário, nas questões de cultura, identidade e reconhecimento dos processos políticos pode sinalizar uma falha das teologias tradicionais? 

A igreja, em sua gênese, foi deveras influenciada pela Filosofia/Teologia Neo-Platônico/Aristotélica. Isso fixou o foco das gerações seguintes nas coisas que estão para além da realidade; A metafísica, as teorias, a legalidade, o tentar legitimar intelectualmente/cientificamente o Cristo.

Essa atitude matou Deus!

É preciso enxergar o Jesus que valorizava a vida, o agora; que tratava de todas as minorias sociais e cuidava da maior minoria de todas, o indivíduo.


O próximo não é um grupo de pessoas, um país, uma cultura.. o próximo é uma pessoa só, aí do seu lado.

  • Na história da humanidade o cristianismo foi, por vezes, utilizado como instrumento de legitimação de práticas que são contrárias à dignidade do ser humano, como a exploração, a escravidão e até mesmo o nazismo na Alemanha. Como pensar em um cristianismo puro e simples que leva em consideração a dignidade do ser humano e sinaliza, ao mesmo tempo, um aspecto de consciência diante do que foi feito no passado?

Primeiro de tudo: Não há pureza no Cristianismo. Nem em religião alguma.

Respondendo a pergunta, isso não acontece só com o Cristianismo ou com a Bíblia. Na história, vemos que muitos escritos filosóficos e científicos foram usados como legitimação de atrocidades.



A Teoria da Evolução de Darwin "legitimou" a ideia de eugenia nos homens, e o nivelamento humano por raça de origem, por exemplo.



A história nos ensina a não repetir os erros. Os acontecimentos citados fazem referência a momentos da história em que o Cristianismo se associou à forma de poder vigente.
Porventura o Cristianismo é ferramenta de manipulação? Ou é a chave para “transformar as pessoas pela renovação do entendimento”?

  • Levando em consideração a vida de Martin Luther King, ativista político e pastor protestante, não nos falta (como igreja de Cristo), hoje, um engajamento maior nas questões da garantia dos direitos civis? 
Pastor King é um fenômeno do tempo e espaço dele. Não haverá outro. Assim como não haverá Mandela, Gandhi, Billy Graham, Fanini, etc.

Temos que aprender a enxergar a nossa complexidade individual e buscar compreender a do próximo. A igreja (cada Cristão) deve se relacionar com a especificidade psico-social do recém-convertido. É um trabalho que demanda tempo e dedicação. Deus lhe mostrará quem é o seu próximo. Pode ser o seu filho!

Só assim, não precisaremos mais de um Martin Luther King Jr. Ou pior, um Malcom X!

0 comentários:

Postar um comentário