Home » , , , , , » Errar é humano, exclusivamente humano.

Errar é humano, exclusivamente humano.

quinta-feira, 30 de abril de 2015 | às 20:25

..lembro que, quando adolescente, tinha muitas idéias; Sempre as colocava no papel e criava um pequeno mundo de caos, como no desenho abaixo. Afinal, é do caos que nasce a ordem. 

- Bem, na época eu não conhecia isso, mas já "dançava" antes de saber empunhar baquetas.


Muitos desses ícones (desenhos) me trazem uma mensagem ou me levam para um momento muito específico da minha vida. Posso até sentir (re-viver) aquelas reflexões de outrora.

Contudo, ainda não venci esse lamentar de que alguns registros já não tem mais significado para mim.

A deusinha sempre tinha razão, ao dizer:
- " NOSSA! Eu tenho tanta Teoria."

Ter idéias e não teorias me fez guardar tudo isso (estão todos escaneados), mas meu ego feminino foi (e; é) mais inteligente ao rasgar todos os seus momentos - só os dela; deixando para mim somente as demais falas. Por isso, vivo re-significando a deusa Ártemis. Ela me destinou a amá-la assim.

     Há, porventura, vergonha no errar? Sim, se eu quiser. E isso eu sempre disse, ensinei e vivo. Se acertar é ser feliz, vivemos o paradoxo da felicidade. Pois erramos e erramos rude feio. [..mas]" A culpa não foi só sua."



0 comentários:

Postar um comentário

Blank