Home » » Por que é que tem que ser assim?

Por que é que tem que ser assim?

segunda-feira, 4 de agosto de 2014 | às 10:44

..eu olhava para meus colegas da escola, para os meus vizinhos, para alguns parentes, pessoas da igreja e me perguntava justamente isso.

- Pessoas com potenciais invejáveis. Contudo, sei lá.. nem sei como e principalmente o porquê. - Não entendo tamanha ignorância daquilo que estavam plantando em suas vidas; e hoje, vejo os frutos (se é que posso chamar assim algo que não seja bom). E não me venha com relativismo, pois sabemos bem (pelo menos eu e os citados acima) o que é honesto, justo, amável, virtuoso e de boa fama..




Nem sempre me faço compreensível, mesmo quando quero; porém, o trecho abaixo pode fazer com que compreendas minha inquietação.

"Tem vezes em que você não quer interromper um paciente e aquela era uma dessas vezes. O silêncio de Laurel estava longe de ser vazio; ela estava lutando contra si mesma, tentando juntar coragem para dizer o que realmente sentia.
- Vai soar terrível, mas foi algo como sexo por piedade. Não quero magoá-la, então faço amor com ela. E depois me sinto horrível. Mas é neste pé que as coisas estão agora: tudo o que faço é para que Sonya se sinta feliz, para que se sinta segura, protegida e amada. É tudo para atender às necessidades de Sonya.
- E quanto às suas necessidades?
- Minhas necessidades? Nem consigo lembrar quais são.
- Então você reconhece que esse relacionamento não está de acordo com suas necessidades?
Mais silêncio. E um sinal de consentimento com a cabeça, lento e triste.
CLAYTON Anita. Prazer: Mulheres, Intimidade, Desejo e Sexo. Ed. Campus. 2007. pp 39

0 comentários:

Postar um comentário

Blank